Tags

,

Essa receita é super especial. Ela é do meu amigo Diogo Peixoto, cuja vida foi transferida do caos urbano diretamente para a beira do mar de Florianópolis … nada mal, hein?! Venho acompanhando seus relatos no twitter e, a cada dia, o Diogo se supera em uma receita mais gostosa do que a outra. Essa é apenas uma delas, esperamos que venham muitas, muitas outras.

  • 1 anchova
  • 2 abobrinhas
  • 4 dentes de alho
  • cebolinha verde picada
  • azeite de oliva
  • sal grosso

Agora faz assim: Em primeiro lugar, vá a uma peixaria e compre uma anchova antes de outubro. É bem melhor, elas estão bem gordinhas. Depois disso a desova as deixa magrinhas e fica meio ruim de fazer na churrasqueira. Limpe a anchova e a coloque em uma gralha de fechar, junto com batatas, eu costumo calcular umas 3 batatas por pessoa. Salgue a anchova com sal grosso e reserve. Abra a abobrinha ao meio e tire as sentes, corte o alho e pique o a cebolinha verde. Separe uma forma de alumínio (pode ser até de pizza) e coloque as abobrinhas. Despeja por cima o alho e a cebolinha, sal a gosto e uma boa porção de azeite e oliva. Depois só colocar fogo na churrasqueira. Quando o carvão estiver beeeeem em brasa, disponha a grelha com a anchova e batatas e, junto com ela, a forminha das abobrinhas. A dica da anchova é virar a cada 5 ou 7 min. Depois de umas 8 ou 10 viradas  está na hora de tirar do fogo e servir. Na última virada, tire as abobrinhas da forma e coloque-as diretamente na grelha pra dar um susto (dica: derrame o azeite da forma das abobrinhas sobre o peixe ). Corte as batatas ao meio e salpique sal e pimenta moída na hora.